Denise Capucho



Encontra-se em plena atividade, nesta Corte de Contas, o seu mais novo Conselheiro - Antonio Roque Citadini. Indicado Pelo Governador do Estado, Orestes Quércia, e, com a aprovação da Assembléia Legislativa, o mais novo Conselheiro foi nomeado para a vaga decorrente da aposentadoria do Conselheiro Nelson Marcondes do Amaral.


A posse oficial realizou-se no dia 15 de Abril p. passado, em Sessão Especial do Tribunal Pleno, no Auditório "Conselheiro Prof. José Luiz de Anhaia Mello", onde compareceram autoridades governamentais, autoridades e funcionários da Casa, autoridades civis, militares e eclesiásticas e demais convidados.


Citadini foi conduzido ao recinto pelos Senhores Conselheiros José Luiz de Anhaia Mello e George Oswaldo Nogueira e, à leitura do termo de Posse, procedeu o Secretário Diretor Geral do Tribunal, Roberto Mendes Porto.



SAUDAÇÃO AO MAIS NOVO CONSELHEIRO

Para saudar o mais novo Conselheiro, em nome do E. Plenário, falou o Conselheiro Paulo de Tarso Santos. Enfatizou a  jovialidade do novo Conselheiro, insistindo, inclusive, no estímulo que se deve dispensar ao acesso da juventude à co-direção dos organismos governamentais, numa nação formada, em sua maioria, por jovens, decorrendo, daí, a harmonia necessária "entre o saber da experiência feito com o saber intuitivo dos moços".

Lembrou o Conselheiro do Prof. Anhaia Mello adentrando nesta Casa como substituto de Conselheiro em 1963 e, hoje, decano do TC, é por todos respeitado, pela sua seriedade cultural e jurídica e por seu amor a esta Corte.

O Conselheiro Paulo de Tarso Santos citou, ainda o Conselheiro Aécio Mennucci, aqui ingressando como escriturário e legando ao TC longos anos de serviços inestimáveis.

Discorreu, em seguida, sobre a vida pública do novo Conselheiro, que, mormente sua pouca idade, é portador de currículo composto de extensas atividades junto à Administração Pública, o que, por certo, o faz habilitado para fiscalizar as contas públicas.

Finaliza, desejando boas vindas ao novo empossado, convicto de que ele chega à casa num momento decisivo de evolução institucional dos Tribunais de Contas.

Em seguida, em nome da Procuradoria da Fazenda, falou o Procurador Joel Murer Kühl, traçando linhas gerais sobre a juventude do novo Conselheiro e sua valiosa contribuição no aperfeiçoamento dos meios de defesa do erário público.

 
NETO DE IMIGRANTES ITALIANOS

Antonio Roque Citadini lembra, em seu discurso de agradecimento, sua condição de neto de imigrantes italianos, os quais, conforme palavras suas, trocaram o azul do mediterrâneo pela esperança e fé no futuro desta terra; Citadini, desde logo, aprendeu com a família o sentido da efemeridade da vida, a qual deve estar umbilicalmente ligada aos princípios de trabalho e honestidade. Falou sobre a Assembléia Nacional Constituinte que escreve as normas que orientarão o futuro da Nação, lembrando a necessidade de se encontrar formas adequadas para que a nova Constituinte obtenha meios de melhor instrumentalizar os Tribunais de Contas, na defesa dos assuntos de fiscalização das contas públicas.

Agradeceu a todos, fazendo saudação especial a Nelson Marcondes do Amaral, não esquecendo de citar sua responsabilidade ao ocupar a vaga deixada pelo eminente Conselheiro.
 

GOVERNADOR QUÉRCIA:

A CERTEZA DE TER FEITO UMA BOA INDICAÇÃO

O Governador Orestes Quércia discorreu sobre sua alegria e a consciência tranquila ao indicar um nome que reúne todas as condições necessárias para colaborar com os demais Conselheiros na fiscalização dos atos públicos de seu governo. Congratula-se com o Tribunal e deseja sucesso ao mais novo Conselheiro empossado.

Finalizando o evento de posse a Antonio Roque Citadini, discursou o Presidente do TC, Conselheiro Orlando Zancaner que, solidário aos demais, enalteceu a juventude do novo Conselheiro que entra à Casa, trazendo estimável subsídio de renovação, no sério propósito de servir à causa pública, num momento histórico de grande importância, empenhados que estão os brasileiros na construção de um novo país.

Zancaner agradeceu a presença de todos.

E o T.CONTO, órgão da Associação dos Funcionários do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, deseja boas vindas ao Conselheiro Antonio Roque Citadini.


Jornal "TCONTO", órgão da Associação dos Funcionários do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, edição de Abril de 1988, ano 2, nº. 18, p. 1.